Notícias

Na Acil, estrategistas falam sobre técnicas que fortalecem as vendas

16/04/2024
Eventos

“Nem todos querem vender nas redes sociais, mas todos precisam criar e manter as conexões que são proporcionadas pelas redes para fortalecer suas vendas”. A afirmação foi feita pela estrategista digital e sócia da Onbozz Marketing, Larissa Scherer, e pela estrategista de marca e fundadora da Dsemini Branding, Ísis Fuhr, ao falarem sobre a importância de as empresas utilizarem estratégias de posicionamento empresas nas mídias digitais. Elas foram as palestrantes do café da manhã que o Fórum da Mulher Empresária (FME) da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) promoveu na manhã desta terça-feira (16).

Na abertura da programação, Ísis abordou a necessidade de, cada vez mais, as empresas conhecerem seu público. “Precisamos conhecer àqueles clientes que queremos nos conectar. É preciso fazer provocações para chamar a atenção dele e, depois, gerar uma relação”, explicou. De acordo com a estrategista, as pessoas ainda pensam que apenas a exposição dos produtos nas redes sociais gera a venda. “É preciso ouvir os clientes e analisar os seus comportamentos. Hoje, as boas vendas acontecem com a fidelização dos clientes, se eles tiverem boas experiências em nossos estabelecimentos, eles voltam”, pontuou.

Em sua fala, Larissa comentou que as redes sociais precisam ser utilizadas de forma estratégica, para conhecer e entender as necessidades dos clientes. “Ter um perfil nas redes não é apenas falar sobre os nossos produtos. É buscar entender as pessoas que estão do outro lado. Nossos clientes hoje não querem conversar e interagir com robôs, elas buscam um atendimento humanizado”, salientou. Para ela, além das imagens que utilizamos, precisamos fazer com que os clientes se sintam parte do que estamos vendendo. “Precisamos conhecer detalhadamente a nossa persona para criar conteúdo especialmente para ela. Ver o que está dando certo e replicar em novos formatos”, explicou.

Mudanças no café

A nova coordenação do FME projeta, para este ano, mais três cafés da manhã. Segundo Aline Giovanella, o próximo está previsto para o mês de junho e terá como tema “Comunicação não violenta”.

A programação desta terça-feira contou com a participação de mais de 120 pessoas. O presidente da Acil, Joni Zagonel, esteve no evento e reforçou que as agendas que serão realizadas na entidade têm por objetivo fortalecer a ligação da Acil com seus associados. “Os núcleos setoriais são um dos principais movimentos de conexão da Acil com os empresários. Além de trazer assuntos instigantes para os negócios, os cafés do FME também são oportunidade de networking e interação”, comentou.

Assine a newsletter
whatsapp